História

O Sindicato dos Médicos do Distrito Federal (SindMédico-DF) tem o dia 8 de novembro de 1978 como data oficial de fundação. Para obter a carta sindical, a classe médica fundou um ano antes, em 28 de novembro, a categoria se organizava em torno da Associação Profissional dos Médicos do Distrito Federal.

A recém-inaugurada capital da República contava com uma Associação Médica e um Conselho Regional de Medicina, mas, por força de imposição do regime dominante à época, as organizações sindicais estavam proscritas. A fundação do Sindicato ocorreu na esteira dos movimentos pela democracia que eclodiram em todo o país.

Impulsionados pelo Movimento Médico Independente Renovador, do Rio de Janeiro, e Renovação Médica, de São Paulo, e o ambiente de ebulição política na Universidade de Brasília, os médicos da capital federal, desencadearam a mobilização com discussões amplas e democráticas em todas as unidades de saúde. As lideranças foram surgindo no processo, a maior parte delas.

De 1982 a 1985, houve uma polarização política do SindMédico-DF, então ligado à Central Única dos Trabalhadores (CUT), com forte ingerência político partidária. Em 1998, o movimento Acorda, doutor! Desde então, o SindMédico-DF de desvinculou da CUT e permanece uma instituição não ligada a nenhum partido ou ideologia partidária.

Nossa missão é representar e defender o médico.


Condições de Trabalho