Humberto Fonseca é denunciado ao CRM

Classe médica quer esclarecimentos sobre atendimento do secretário no dia 4 de março, no Hospital Regional do Gama.

O diretor Jurídico do Sindicato dos Médicos do Distrito Federal (SindMédico-DF), Antonio José dos Santos, protocolou denúncia contra o secretário de Saúde, Humberto Fonseca, na tarde desta terça-feira, motivado por postagem feita no perfil do Fonseca, no Facebook, no qual se gabava de, junto com o secretário-adjunto de Gestão em Saúde, Ismael Alexandrino Júnior, ter atendido 60 crianças na recém-reaberta emergência pediátrica do Hospital Regional do Gama, no dia 4 de março.

O sistema de prontuário eletrônico teve 12 registros de atendimentos feitos por Alexandrino e nenhum feito pelo secretário, que teria sido, então, o responsável por 42 consultas em um plantão matutino. Protocolada sob o número 004207/2017, a denúncia aponta infrações contra o Código de Ética Médica.

Foram então elencados quatro tópicos, os quais o secretário pode ter infringido, a serem definidos pela apuração do que realmente tenha ocorrido naquele plantão:

Deixar de elaborar prontuário legível para cada paciente;

Assumir responsabilidade por ato médico que não praticou ou do qual não participou;

Desobedecer aos acórdãos e às resoluções dos Conselhos Federal e Regionais de Medicina ou desrespeitá-los.

Assumir condutas contrárias a movimentos legítimos da categoria médica com a finalidade de obter vantagens.

 

2017 03 13 postagem Humberto

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS