Médicos conveniados à Assefaz, atenção

Diante do não cumprimento, por parte do plano de saúde da Assefaz, de acordo firmado com o Sindicato dos Médicos do Distrito Federal (SindMédico-DF), em agosto de 2019, informamos aos nossos sindicalizados conveniados ao grupo que:

Foi decidido em assembleia, na noite desta terça-feira (18), que o SindMédico-DF entrará com ação judicial coletiva pela manutenção do plano de saúde. Isso vale para todos os integrantes do convênio: titulares, dependentes e agregados.

A ação será ajuizada após o carnaval, em março. Até que saia o resultado dela, para evitar maiores riscos, o sindicato orienta ainda os conveniados ao plano de saúde a não entrarem com ações individuais contra o convênio.

Enquanto a situação é judicializada, o SindMédico-DF destaca também que seguirá tentando negociar com outras operadoras de planos de saúde a possibilidade de acolher os conveniados da Assefaz.

Histórico

Importante salientar que, ao longo do ano passado, houve diversas tratativas no sentido de resolver a situação com a Assefaz. Tanto é que, em setembro de 2019,  publicamos matéria anunciando a continuidade do plano de saúde conforme o acordo firmado entre o sindicato e o grupo. (link)

À época, a definição pela continuidade do plano de saúde no SindMédico-DF foi anunciada pela própria Assefaz, que originou a perspectiva de continuidade do grupo.

Ações do SindMédico

Agora, após o nova notificação de cancelamento do plano de saúde, o SindMédico-DF voltou à negociação com a Assefaz, em reunião no dia 12 deste mês com o superintendente-executivo do grupo, João Dias Neto. No entanto, o grupo manteve o posicionamento de não dar continuidade ao convênio.

No dia 13 deste mês, ainda em busca de uma solução para o problema, o SindMédico-DF esteve em reunião, na sede do Ministério Público Federal (MPF), na Procuradoria Geral da República no DF.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *