Covid-19: não existe solução fácil

Reabertura do comércio será em 18 de maio

Em artigo para o jornal Brasília Capital desta semana, o presidente do SindMédico-DF, Gutemberg Fialho, é enfático: “A Cloroquina e a Hidroxicloroquina, apontadas para uso no tratamento da covid-19 estão em estágio de avaliação. Nada justifica o uso delas ter virado motivo de disputa política e de comoção pública”.

Na avaliação do médico, que tem acompanhado de perto as discussões e debates sobre as terapias para o novo Coronavírus, “no futuro pode ser que venhamos a achar a defesa feita hoje de uma ou outra terapia contra a Covid-19 algo tão esdrúxulo quanto soa termos lutado contra a Gripe Espanhola com caipirinha. Tenhamos em mente uma verdade científica: ‘Para todo problema complexo, existe sempre uma solução simples, elegante e completamente errada’”. 

Leia o artigo completo

Profissionais da Saúde e da Segurança são 26% dos infectados no DF

Segundo dados divulgados pela Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF), o número de pessoas infectadas pelo novo Coronavírus chega a 875 na região. O boletim do órgão também informa a profissão de 71% dessas pessoas. Desse total, 14% são profissionais da área de Saúde e 12% de Segurança.  Os números foram divulgados também em matéria do portal G1-DF.

Avaliação do presidente do SindMédico-DF, Dr. Gutemberg: “Esses dados confirmam o que estamos falando repetidamente: é necessário oferecer condições de trabalho aos profissionais de Saúde. Tem que oferecer Equipamento de Proteção Individual (EPI).. E, além disso, tem que dar condições de descanso. Respeitar a jornada do profissional. Porque, além do estresse psicológico, com o físico abalado, essas pessoas ficam com a imunidade muito mais baixa e isso é um prato cheio para o vírus”.

Leia a reportagem completa. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

covid-19-no-existe-soluo-fcil-sindmdico-sindicato-dos-mdicos-do-distrito-federal