Entidades cobram medidas e fazem sugestões ao GDF no enfrentamento ao Coronavírus

Os presidentes do Sindicato dos Médicos do Distrito Federal (SindMédico-DF), do Conselho Regional de Medicina do Distrito Federal (CRM-DF), da Associação Médica de Brasília (AMBr), da Associação Brasiliense de Médicos Residentes (Abramer) e da Academia de Medicina de Brasília (AMeB) entregaram à Secretaria de Estado de Saúde e ao Palácio do Buriti documento no qual apresentam recomendações e demandas para garantir à comunidade médica as condições de melhor atuação no combate à pandemia do Coronavírus (Covid-19) no DF.

Entre outros pontos, os médicos cobram presteza no abastecimento de equipamentos de proteção individual; organização do fluxo dos pacientes nas unidades de saúde; afastamento da ponta do atendimento dos médicos e profissionais de saúde com idade superior a 60 anos, com doenças crônicas, com imunidade comprometida e gestantes; contratação temporária de profissionais de saúde para preenchimento das vagas já existentes e decorrentes de afastamentos, para que não se complique ainda mais o atendimento durante a atua crise.

“A comunidade médica e os demais profissionais de saúde, especialmente neste momento de alerta mundial, estão a postos para dar o atendimento necessário à população, mas cobram repostas mais rápidas do GDF para equacionar os gargalos existentes na ponta do atendimento”, afirma o presidente do SindMédico-DF, Gutemberg Fialho.

“Também reforçamos a indicação feita pelo CRM-DF de suspensão dos atendimentos e cirurgias eletivas durante esse período nos casos em que isso não represente prejuízo maior à saúde do paciente, tanto para evitar a exposição dos que se encontram em situação de maior risco por um possível contágio quanto para evitar a superlotação nas UTIs”, completa.

One Reply to “Entidades cobram medidas e fazem sugestões ao GDF no enfrentamento ao Coronavírus”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

entidades-cobram-medidas-e-fazem-sugestes-ao-gdf-no-enfrentamento-ao-coronavrus-sindmdico-sindicato-dos-mdicos-do-distrito-federal