Covid-19: grau de isolamento depende da capacidade de reposta da Saúde

Artigo semanal fala sobre dados divulgados e isolamento

“A retomada de atividades não essenciais no Distrito Federal virou objeto de disputa judicial, ideológica e de bate-boca nas redes sociais. Reportagem do dia 6 de julho, com o título ‘Taxa diária da covid-19 cai nas últimas semanas, diz estudo da Codeplan’, é uma das informações em circulação que tem potencial de criar dúvida”. A afirmação, do presidente do SindMédico-DF, Gutemberg Fialho, foi feita em artigo semanal para o jornal Brasília Capital e, também, à TV SindMédico do dia 7 deste mês (veja abaixo).

Com o título “Covid-19: grau de isolamento depende da capacidade de reposta da Saúde”, o texto traz uma análise sobre a atual situação do coronavírus no DF e, também, contesta dados divulgados pela Codeplan, que fez uma projeção de 25.751 diagnósticos positivos e 659 óbitos por covid-19 até 23 de junho. “Considerados só residentes no DF, na data prevista, o número de infectados foi de 31.457 e o de óbitos foi de 432. Considerados os não residentes no DF, foram 35.368 e o total de óbitos foi de 475”, aponta Gutemberg Fialho.

Projeções x isolamento

O presidente do SindMédico lembra também que, “no dia 16 de junho, foi a vez do Jornal de Brasília estampar a manchete ‘Codeplan prevê 56 mil casos de covid-19 no DF até 14 de julho’. No boletim epidemiológico, de 8 de julho, foram registrados 57.387 casos nativos e 64.314 quando incluídos os não residentes. O índice de isolamento social e a quantidade de testes realizados vão afetar os resultados das previsões, e isso a própria Codeplan reconhece”.

Leia este e outros artigos assinados por Gutemberg Fialho clicando aqui.

Veja a entrevista de Gutemberg Fialho, sobre o coronavírus no DF, à TV SindMédico:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

taxa-de-isolamento-determinante-no-que-diz-respeito-covid-19-no-df