SindMédico em movimento 10 de julho

Confira as principais notícias do SindMédico-DF:

Lockdown pode ser solução para o DF?

“É imprescindível entender que a suspensão das atividades econômicas e o isolamento social nunca constituíram medidas terapêuticas no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus”. A avaliação é do presidente do Sindicato dos Médicos do Distrito Federal (SindMédico-DF), Gutemberg Fialho. E é sobre essas medidas, incluindo a possibilidade de lockdown e outras questões relacionadas à covid-19, que ele falou, na última terça-feira (7), na TV SindMédico. 

Saiba mais: https://bit.ly/3gPN0ZN

Sem transparência, dados do GDF confundem

Falta transparência nos dados divulgados sobre coronavírus no Distrito Federal? Na avaliação do presidente do Sindicato dos Médicos do Distrito Federal (SindMédico-DF), Gutemberg Fialho, sim. Isso porque, desde o início da pandemia, a instituição vem buscando informações mais detalhadas sobre a doença na capital do País: sem sucesso. Um exemplo é o detalhamento de gastos do GDF. “As informações a que temos acesso são inconsistentes”, disse, em entrevista à TV SindMédico na terça-feira (7), o médico ginecologista, que preside também a Federação Nacional dos Médicos (Fenam). 

Saiba mais: https://bit.ly/2W6KqXr

Volta às aulas presenciais na pandemia: é viável? Como seria?

O governador Ibaneis Rocha voltou atrás da decisão de reabrir escolas ainda neste mês em novo decreto publicado nesta quinta-feira (9). Contudo, a polêmica sobre a reabertura de escolas (e outras atividades) ainda continua. Afinal de contas, sem o isolamento social, principal arma contra o novo coronavírus, não tem como garantir a segurança da população. E em escolas, como fica a situação caso voltem a funcionar nas próximas semanas, ainda no auge da pandemia na capital do País? Para falar sobre o assunto, o presidente da Sociedade de Pediatria do DF (SPDF), professor fundador da Faculdade de Medicina da ESCS, Dennis Alexander Burns, será o entrevistado da TV SindMédico da próxima terça-feira (14), em horário excepcional: a partir das 19h.

Saiba mais: https://bit.ly/2BOjAfL

Iges-DF é cobrado por comunicação de acidente de trabalho

O presidente do Sindicato dos Médicos do Distrito Federal (SindMédico-DF), Gutemberg Fialho, notificou tanto a Secretaria de Estado de Saúde quanto O Instituto de Gestão Estratégica da Saúde sobre a necessidade de registro de acidente de trabalho nos casos de contaminação pela covid-19 no ambiente laboral, em conformidade com decisão do Supremo Tribunal Federal, emitida no final de abril no julgamento de Ações de Inconstitucionalidade contra a Medida Provisória (MP) 927/2020.

Saiba mais: https://bit.ly/3fliGFO

A reforma na previdência dos servidores do DF

Alíquota da contribuição previdenciária aumentou três pontos percentuais, mas regras de acesso – idade e tempo de contribuição – foram mantidas.

Saiba mais: https://bit.ly/2Z0jLxn

Reabertura do comércio: decisão perigosa para a população

A reabertura do comércio no Distrito Federal foi alvo de inúmeras discussões e polêmicas. Isso porque, ao em vez de o número de infectados diminuir, a contaminação pelo coronavírus se espalha na capital do País, em especial nas regiões mais pobres. Por isso, para especialistas e órgãos de controle, ainda que gradualmente, abrir as portas do comércio novamente, neste momento, é um erro que pode custar muitas vidas. Além disso, em outros estados houve recuo da decisão: justamente por entender a medida coloca a população em risco.

Saiba mais: https://bit.ly/31BTjM6

Covid-19 no Brasil: ondas conturbadas ou um tsunami?

“Em Brasília e no Brasil estamos em plena curva ascendente de contaminação pelo coronavírus. Em outros lugares do mundo, como a China, a Coréia do Sul e a Itália, depois da situação controlada, novos casos voltaram a surgir, e já se teme a segunda onda da pandemia. Por aqui, corremos o risco de não ter o intervalo que estão tendo os países asiáticos e europeus”. A avaliação é do presidente do SindMédico-DF, Gutemberg Fialho, em artigo semanal para o jornal Brasília Capital.

Saiba mais: https://bit.ly/2VJt2HV

Por via judicial, SindMédico-DF garante teste quinzenal

A 8ª Vara de Fazenda Pública do Distrito Federal decidiu em favor do Sindicato dos Médicos do Distrito Federal na ação civil pública pela qual se pediu a retomada da testagem dos médicos da rede pública de saúde para detecção de infecção pelo novo coronavírus. Em caráter liminar, a decisão foi da juíza Mara Silda Nunes de Almeida.

Saiba mais: https://bit.ly/31N1Cox

Cuidado: médicos são alvos de golpistas!

Com a pandemia, a sensação de insegurança e dificuldade de se obter informações, golpistas estão em campo. Pelo menos dois grupos estão agindo na cidade e abordando médicos entre outros servidores públicos. Aposentados são alvos preferenciais dessas pessoas. Por isso, é preciso tomar cuidado.

Saiba mais: https://bit.ly/2Cp1H79

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sindmdico-em-movimento-10-de-julho-sindmdico-sindicato-dos-mdicos-do-distrito-federal