Subiu no palanque e esqueceu de governar

Com discurso desrespeitoso aos servidores públicos e ataques às suas entidades representativas, o governador do DF deixa de governar para fazer campanha

A diretoria do SindMédico-DF publicou no Correio Braziliense nota de repúdio aos ataques e apontando que, se estivesse trablhando, não precisaria procurar um bode expiatório para justificar a falta de realizações de seu governo.

2017 07 06 Nota Correio Braziliense site

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *